PM/SP: editais com 2.720 vagas – edital em breve

Federal - twFalta pouco para que a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM-SP) publique os editais para o preenchimento de 2.720 vagas, sendo 2.500 para o cargo de soldado II classe e 220 para o curso de formação de oficiais da PM de Barro Branco. O último empecilho para o início dos concursos já foi superado nesta semana, com a confirmação da Fundação Vunesp como organizadora, segundo a chefe de seção de planejamento da divisão de seleção a alistamento da corporação, tenente Luciana Bezerra Rodrigues. Com isto, segundo ela, a PM já pode fechar o cronograma dos concursos nos próximos dias, para que os editais sejam publicados em abril.

No caso de soldado, a oferta se refere à autorização do governador Geraldo Alckmin, em 30 de janeiro, para o preenchimento de 4.600 vagas. Estas deverão ser preenchidas por meio de dois concursos, incluindo este primeiro de 2.500 vagas no primeiro semestre e um segundo com mais 2.500 no segundo, incluindo a expectativa de mais 400 vagas previstas para surgir até então. Já o concurso para as 220 vagas para o curso de oficiais está autorizado desde 29 de novembro.

Nos dois casos, para concorrer é necessário possuir ensino médio completo. Para soldados também é necessário possuir idade de 18 a 30 anos, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e carteira de habilitação nas categorias “B” a “E”.

Para o curso de formação, além da escolaridade, é necessário possuir até 26 anos, exceto em caso de integrante da PM e altura mínima de 1,65m para homens  e 1,60m para mulheres.

No curso de formação de oficiais, o inicial, no primeiro ano, é de R$ 2.498,08. Para  soldados, a remuneração é de R$ 2.706,10, incluindo salário de R$ 1.091,56 e adicional de insalubridade de R$ 522,98.

Após dois anos de na segunda classe, os servidores passam para a primeira, recebendo R$ 3.002,06. A cada cinco anos, o soldado passa a receber, respectivamente, R$ 3.126,01, R$ 3.249,97; e  R$ 3.373. Após 20 anos, conta com sexta parte no salário, que passa a R$ 4.080, mudando para R$ 4.225,47 após cinco anos. No final da carreira, com 30 anos na PM,  o salário é de R$ 4.370,08.

Seleção – Para soldados, no último concurso, realizado em 2013, a seleção contou com provas objetivas, redação, condicionamento físico, exames de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de documentos  e títulos. Na prova objetiva foram cobradas 50 questões, versando sobre língua portuguesa (20), matemática (15) e conhecimentos gerais (15).

No caso do curso de oficiais, a seleção conta com provas objetivas e redação, testes de condicionamento físico, exames de saúde, avaliação psicológica, investigação social e análise de documentos e títulos.

Na prova objetiva foram 80 questões, sendo 30 de ciências humanas (dez de história, cinco de filosofia, cinco de sociologia e dez de geografia), 40 de linguagens, códigos e suas tecnologias (30 de língua portuguesa e dez de língua inglesa ou espanhola) e dez de matemática.

Fonte: Jornal dos Concursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *