Concurso anunciado para técnico e analista

F de FederalFoi anunciada a realização de concurso para o Tribunal Regional do Trabalho da 4º região (TRT 4) no Rio Grande do Sul. Segundo nota da Secretaria de Comunicação Social (Secom) do órgão, a autorização para a seleção foi concedida em sessão ordinária na última segunda-feira, dia 16. Na mesma sessão, o desembargador Juraci Galvão Júnior foi designado como presidente da próxima Comissão de Concurso, que coordenará os dois certames. Os demais membros da Comissão serão definidos oportunamente.

Serão abertos dois concursos para servidores, porém o número de vagas ainda não foi definido. A previsão é de que os editais sejam publicados no segundo semestre deste ano. O primeiro concurso será destinado ao provimento de cargos de analista e de técnico judiciário, assim como de algumas de suas especialidades. O segundo processo seletivo visará ao provimento de cargos de técnico judiciário, área Administrativa, especialidade Segurança. De acordo com a tabela de estrutura remuneratória vigente desde 1º de janeiro de 2015, o vencimento básico para classe A padrão 1 na carreira de analista é de R$4.633,67, enquanto para a de técnico é de R$2.824,17.

O último concurso para estas áreas foi realizado em 2011 e organizado pela Fundação Carlos Chagas. Foram 12 vagas, mais cadastro de reserva, para nível superior. Os cargos eram de analista judiciário, analista na área Judiciária, analista especializado – execução de mandados e analista – especialidade Tecnologia da Informação. Houve também três vagas, mais cadastro, para nível médio nos cargos de técnico judiciário área Administrativa, área Administrativa – especialidade segurança, apoio especializado em Enfermagem e especialidade Tecnologia da Informação. A avaliação objetiva contou com 50 questões para técnicos e 60 para analistas, e versaram sobre Conhecimentos Básicos e Específicos. A seleção ainda contou com redação e prova prática de capacidade física para o cargo de técnico área administrativa especialidade em segurança.

 

FONTE: Folha Dirigida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *